Metodologia baseada em competências socioemocionais foi desenvolvida para avaliar a trajetória dos que querem ser candidatos(as) ao Congresso Nacional em 2022

O RenovaBR, desde o seu primeiro processo seletivo, procura implementar métodos e ferramentas que contribuam não apenas para alcançar bons resultados de formação e educação política, como também para estimular turmas cada vez mais diversas e representativas da sociedade brasileira em um processo de avaliação democrático, saudável e participativo. Para 2022, o RenovaBR lançou a Jornada Renova, um processo de seleção, aprendizagem e autoconhecimento em que cada participante revela seu interesse em seguir pelo processo que dura 7 meses.

Segundo Irina Bullara, Diretora Executiva do RenovaBR, esse processo é um marco metodológico na história da escola. “Para fazer esse processo, fomos atrás de muitas referências, no Brasil e no mundo. Ouvimos especialistas em educação, em currículos socioemocionais e pensamos em uma metodologia baseada no princípio da equidade, da representatividade e que trouxesse formação e informação durante a própria experiência na Jornada para cada participante”, afirma Bullara.

Foram mais de 12 mil inscritos, uma procura três vezes maior que a turma de 2018 com o mesmo objetivo de qualificar pessoas comuns para os desafios do Brasil. Os inscritos residem em ¼ das cidades brasileiras, sendo 24% mulheres e 44% de pretos e pardos. 

Bancas para compartilhamento de trajetórias

Uma das etapas da Jornada Renova foi a de ‘Bancas’, compostas por membros do time RenovaBR, profissionais de marketing político e ex-alunas da escola. Dentre os mais de 12 mil inscritos, 1.007 pessoas chegaram até a fase de bancas e puderam compartilhar suas trajetórias de projetos e entregas com alto impacto social. A Nayara Barbalho, participante da Jornada e inscrita pelo Pará, avalia a experiência como positiva. “Eu considero a Jornada RenovaBR extremamente enriquecedora, não só pela busca de conhecimento técnico que foi preciso para a realização das etapas e das aulas pelo WhatsApp, mas principalmente pela troca de experiências com os parceiros de banca em que pudemos conhecer outras realidades, outras bandeiras, outras lutas por um Brasil melhor e assim renovar as nossas esperanças através de uma boa política”.

No time de avaliadores, as bancas foram compostas sempre por um trio institucional que envolvia o time do RenovaBR, os parceiros do Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político (CAMP) e ex-alunas voluntárias. Todas as entrevistas foram realizadas na modalidade à distância, por plataformas digitais, e tinham a presença simultânea de até 5 participantes que ouviam as trajetórias uns dos outros. Para a organização desses participantes por cada banca também foram considerados critérios de representatividade e regionalidade. Em mais de um mês de atividades, a etapa de bancas da Jornada Renova reuniu 1.007 participantes em 262 bancas com 524 horas totais. A média de participação atingiu 92% e abrangeu todos os 26 estados e o Distrito Federal.

Avaliadora membro do CAMP, Cila Schulman compartilhou a vivência na escuta da história das pessoas. “O nosso trabalho de consultoria política é muito sobre ouvir a história das pessoas. E foi isso o que tivemos a oportunidade de fazer nas bancas de forma sistematizada. Ouvir histórias de gente de um Brasil diverso, genuinamente interessadas em participar da vida pública do país”, explicou Schulman.

Para conquistar uma vaga na escola RenovaBR, o interessado deve concluir a Jornada Renova. Os aprovados na banca ainda passam por mais duas etapas até a finalização de toda a jornada. A previsão é que os nomes aprovados para a próxima turma do RenovaBR voltada para os desafios do Brasil em 2022 seja divulgada no final de agosto.

Anos anteriores

A escola de democracia RenovaBR acumulou quase 50 mil inscritos para as turmas de 2018, 2019 e 2020. Fundada em 2017, a escola tem quase 2.000 alunos formados, sendo 133 alunos em sua primeira turma. Desse total, 17 foram eleitos para o Congresso Nacional e Assembleias Legislativas em 2018. Em 2019 e 2020, o RenovaBR ampliou seu impacto e formou 1.820 pessoas comuns de todos os estados do Brasil e, nas eleições de 2020, 154 alunos foram eleitos para prefeituras, vice-prefeituras e câmaras municipais por 25 dos 33 partidos brasileiros.