Além de enfrentarem os problemas gerados pela pandemia de Covid-19, os ex-alunos do RenovaBR eleitos para os cargos no executivo municipal implementaram ações de infraestrutura para melhorar o funcionamento da cidade e a qualidade de vida dos munícipes. 

A prefeita de Bezerros (PE), Lucielle Laurentino (DEM), realizou um mutirão de iluminação pública em lugares que não recebiam manutenção há 12 anos. Foram mais de 680 pontos atendidos. Houve ainda um outro mutirão voltado para a limpeza urbana, em que mais de 10 km na via local da BR-232 foram limpos e 150 caçambas de metralha e entulho retiradas. “Os pilares desta nova construção: trabalho, ética, responsabilidade, justiça, transparência e felicidade. Tudo isso dará sustentação à condição da entrega de melhores serviços públicos para a população”, afirmou Lucielle.

Em São Vicente, cidade localizada na Baixada Santista (SP), os mutirões também marcaram o governo de Kayo Amado (PODE). O Mutirão das Escolas contou com a participação de mais de 800 voluntários inscritos que, juntamente com o prefeito, prestaram serviços de manutenção, pintura, iluminação, limpeza e jardinagem em escolas de sua escolha. E outros mobilizaram grande parte da sociedade civil e dos servidores públicos, como o de Limpeza dos Canais e o Memória Viva, em que árvores foram plantadas em homenagem às vítimas da Covid-19. 

“É uma oportunidade, não só de melhorar a cidade, mas de todo mundo se sentir parte da mudança, parte da história de São Vicente. Que movimento lindo que a gente começou nesta cidade! E podem ter certeza de que, juntos, estaremos cada vez mais fortes para fazer as mudanças que São Vicente tanto precisa”, destacou Kayo.

As obras públicas são um outro fator essencial para que o governo preste seus serviços com efetividade e para o andamento da cidade. Foi isso que o prefeito de Araguari (MG), Major Renato (Republicanos), mostrou ao pavimentar 12 grandes vias e realizar uma operação tapa-buracos. “Avenidas e ruas de qualidade, é isto que vamos fazer e é isto que nossos Araguarinos merecem”, disse o prefeito.

No nordeste do Brasil, em Dom Pedro (MA), o governo do vice-prefeito Lucyan Rezende (PP) revitalizou diversas ruas, o que sanou o risco de desmoronamento, que havia sido localizado em determinadas regiões. Além disso, para incentivar a cultura e o lazer, realizaram serviços de capina e roçada em campos de futebol das comunidades, bem como a destinação de redes para a trave e bolas para a população carente. Sabendo da importância de reformas e manutenções, Lucyan ainda retificou uma parceria com o SEBRAE para a promoção da manutenção de uma sala exclusiva que atenda os pequenos e médios empreendedores locais.

O governo de Cristiano Gerardão (PP), prefeito de Capitólio (MG), também demonstra preocupação com essa questão nas escolas e solicitou a manutenção de bebedouros, goteiras, entre outros. Além de motoristas da Educação terem realizado a entrega do “kit aluno”, que contém apostila, lápis, borracha e lápis de cor, na casa dos alunos. “Estamos buscando bons projetos para nossa cidade”, destacou Gerardão.

Em Paracatu (MG), o prefeito Igor Santos (DEM) inaugurou a melhor maternidade pública do país, com parto humanizado, acomodações individuais com TV de última geração e com Netflix, além de um espaço para atender até 60 gestantes. “Trabalharemos incansavelmente ao longo destes 4 anos. E o novo tempo para todos já começou”, afirmou Igor, ao comemorar os 100 dias de governo.

Todas as ações reforçam a importância da tomada de decisões e busca por soluções através de muito diálogo com os munícipes, compreendendo suas necessidades mais urgentes e se baseando em dados e evidências. Elas demonstraram resultados que deixaram as cidades mais limpas, melhoraram os tráfegos e a estrutura de espaços substanciais no desenvolvimento dos cidadãos. 

Sempre haverá mais a ser feito, mas o RenovaBR acredita que com transparência, conhecimento e democracia, a boa política irá prevalecer!

Saiba mais! 100 dias de mandato: como prefeitos e vice-prefeitos formados pelo RenovaBR estão combatendo à Covid-19 em seus municípios?